Saltar para conteúdo
Descubra Ansião 1 Descubra Ansião 2 Descubra Ansião 3 Descubra Ansião 4 Descubra Ansião 5 Descubra Ansião 6 Descubra Ansião 7
Património Religioso

cultura e história - Património Religioso

Igreja Matriz de Chão de Couce

  • galeria
  • video
Ponto Turístico 10

A actual Igreja de Chão de Couce foi construída no local de um templo mais antigo, tendo sido inaugurada em 1930 e alvo de obras de restauro em 2000.

A actual Igreja de Chão de Couce foi construída no local do primitivo templo católico, considerado, nas primeiras décadas do século XX, demasiado pequeno para conseguir receber, em condições aceitáveis, todos os paroquianos.

A iniciativa da sua construção partiu do respectivo Pároco, Padre Manuel Mendes Gaspar, que conseguiu agregar a esse projecto toda a comunidade paroquial, tendo sido o novo templo inaugurado no dia 23 de Novembro de 1930.

A nova Igreja ficou, durante cerca de duas décadas, com a antiga Torre, exactamente do lado contrário àquele em que hoje se encontra. A actual Torre foi construída na década de 1950.

De interesse nesta Igreja, e para além das muitas imagens que se podem ver nos seus altares (algumas delas muito antigas, designadamente as esculturas em pedra da padroeira e de Santo André — que se supõe serem quinhentistas), são também os azulejos da nave, capela-mor e fachada principal, da autoria de Mário Reis.

Tem quatro altares laterais, com imagens contemporâneas, e dois colaterais, sendo de maior importância o que tem a imagem de Santo Antão (patrono da vida monástica com um livro e caveira), do século XVI.

A Igreja tem sido alvo de obras de conservação e melhoramento. Entre 1993 e 1995, foi construído um salão para reuniões e recuperada a Sacristia, no lado Poente, e, no lado oposto, foram criadas três salas de catequese e adaptado um espaço para Capela Funerária, bem como a substituição de todos os telhados, pintura do exterior e novo relógio.

No ano 2000, para celebrar com mais dignidade o Jubileu, foi a vez de se fazerem grandes obras de restauro no interior do templo: as paredes foram rebocadas de novo e pintadas, os tectos e o soalho substituídos por madeira exótica, os bancos restaurados, feita nova instalação sonora e eléctrica e restaurados todos os altares, tendo sido melhorada a sua talha com pinturas e douramentos de que se encarregou uma prestigiada casa de arte religiosa da cidade de Braga. As obras de restauro foram inauguradas no dia 22 de Junho de 2000.

Mas a jóia mais importante, em termos artísticos, é, sem dúvida, o Retábulo de Nossa Senhora da Consolação, oferecido à Igreja de Chão de Couce pelo seu autor, Mestre José Malhoa, contava o pintor 78 anos de idade (última obra de Malhoa).
 


Mapa com a localização
É necessário ter javascript ligado para a ver este conteúdo.

GPS

39°53'28.29"N | 8°22'08.36"W download GPX

download KML